+ "O que vos é dito aos ouvidos, proclamai-o sobre os telhados" (Mt 10, 27) +

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Hino Oficial JMJ Rio2013 "Esperança do Amanhecer"





LETRA:

Sou marcado desde sempre
com o sinal do Redentor,
que sobre o monte, o Corcovado,
abraça o mundo com Seu amor.

(Refrão)

Cristo nos convida:
"Venham, meus amigos!"
Cristo nos envia:
"Sejam missionários!"

Juventude, primavera:
esperança do amanhecer;
quem escuta este chamado
acolhe o dom de crer!
Quem nos dera fosse a terra,
fosse o mundo todo assim!
Não à guerra, fora o ódio,
Só o bem e paz a não ter fim.

Do nascente ao poente,
nossa casa não tem porta,
nossa terra não tem cerca,
nem limites o nosso amor!
Espalhados pelo mundo,
conservamos o mesmo ardor.
É Tua graça que nos sustenta
nos mantém fiéis a Ti, Senhor!

Atendendo ao Teu chamado:
"Vão e façam, entre as nações,
um povo novo, em unidade,
para mim seus corações!"
Anunciar Teu Evangelho
a toda gente é transformar
o velho homem em novo homem
em mundo novo que vai chegar.

domingo, 9 de setembro de 2012

Regional Sul-1 da CNBB lança documento que reforça o combate ao aborto





A luta em defesa da vida, desde a sua concepção até o seu fim natural, ganhou um reforço de peso. No dia 24 de agosto de 2012 foi publicado o documento “Nova Estratégia Mundial do Aborto”, assinada pela Comissão em Defesa da Vida, da Regional Sul-I da CNBB.
O documento apresenta de forma sistemática e com muita clareza a origem e o desenvolvimento de um projeto grandioso que tem como fim último a implantação da Cultura da Morte em escala mundial. Ela passa necessariamente pela legalização do aborto.
"A implantação mundial do aborto segue uma agenda inaugurada em 1952, quando o mega-bilionário John Rockefeller III fundou, em Nova York, o Conselho Populacional, com a finalidade de implementar políticas internacionais de controle de crescimento populacional, hoje não apenas ainda em vigor como também mais ativas do que naquela época.
Mas, ao mesmo tempo, mais do que apenas o controle demográfico, estas políticas representam o início da instalação de uma nova ditadura mundial que terá como base a destruição da distinção entre direitos humanos e legislação positiva. Isto é o que se chama, comumente, de Cultura da Morte."
O documento não deixa margem para qualquer dúvida quanto à veracidade das informações ali contidas e, por causa disso, oferece ao seu leitor somente uma saída: a ação. Não permite evasivas e nem saídas tangenciais, pois o que está em jogo é algo muito valioso: a vida de milhões de crianças que serão extirpadas do ventre materno, sem chance de defesa, como se nada valessem, caso o plano seja, de fato, concretizado.
O primeiro passo é baixar e estudar o documento "Nova Estratégia Mundial do Aborto" com muita atenção e dedicação. Somente com seriedade e buscando conhecer a verdade sobre o assunto é que se poderá combater o mal que se avizinha.

Por ser o Brasil o país protagonista na implantação da terceira fase desse terrível plano, é urgente que cada pessoa, além de estudar o documento, que o divulgue. Quanto mais pessoas tomarem conhecimento do que está acontecendo por vezes às claras, mas muitas vezes nas sombras, maior será a chance de vidas serem poupadas.

O Brasil deverá ser lembrado sempre como a Terra de Santa Cruz e não como o país que dormiu católico e acordou abortista. Não como o país que protagonizou a implantação da Cultura da Morte no mundo.
Cada cidadão, cada católico, cada cristão, cada pessoa de bem deste país deve empunhar a bandeira da Vida e lutar bravamente contra esse flagelo que sorrateiramente está sendo implantado.

Por isso, imprima o documento, leve para o seu pároco, para o seu bispo, para o prefeito, vereadores e lideranças comunitárias de sua cidade. Encaminhe este documento e esta aula (clique aqui para assistir) para todos os seus contatos de e-mail e compartilhe nas redes sociais. É preciso formar um exército que combata com conhecimento e vontade esse Golias que quer destruir o país. Que quer jogar sobre cada brasileiro o sangue desses inocentes.

Somos como Davi, pequenos e frágeis, mas, unidos e tendo Deus à frente, podemos vencer essa luta.
Clique aqui para baixar o documento.

Trago agora abaixo as aulas onde o Padre Paulo Ricardo se debruça sobre este importantíssimo documento para estudá-lo. Veja o vídeo ou baixe os áudios:

PARTE 1





PARTE 2







PARTE 3







Fonte: padrepauloricardo.org