+ Este podcast é filiado ao ECAD em respeito aos direitos autorais de utilização das músicas +
Aconselhamos que para um maior aproveitamento do material disponibilizado aqui, que você o ouça em local que lhe proporciona atenção e clima de oração. Escutar os áudios em fones de ouvido facilita a apreciação dos detalhes dos áudios.
Pedimos que responda nossa pesquisa na barra acima para ajudar-nos a melhorar este trabalho!
É de grande importância que você nos deixe um comentário (o campo está em cada postagem). Para contato você pode mandar um email para nós: cefascast.org@gmail.com

Faça parte Você também!!!

Irmãos, por falta de recursos financeiros, migramos todos os áudios do Podcast para o no nosso canal no Telegram. Acesse:



quinta-feira, 8 de março de 2012

133 - Em Defesa do Padre Paulo Ricardo e a Real Situação da Igreja Atual

(NOVO LINK PARA BAIXAR!)

Irmãos, no podcast desta semana venho trazer uma denúncia/apelo a favor do Padre Paulo Ricardo.
Fizeram um texto atacando-o sem fundamentos.
Para ler o texto original clique aqui!
Neste áudio trazemos a você um rebate aos ridículos argumentos deste texto que ataca injustamente o Padre Paulo Ricardo!
E denunciamos o real estado de perigo que se encontra a Igreja! Citamos algumas mensagens de Nossa Senhora e alguns textos pontifícios!
É importantíssimo você conhecer as verdades ditadas aqui neste podcast!










Veja este texto de Everth Queiroz de Oliveira que explica melhor a situação:
"Chega ao nosso conhecimento a circulação de uma carta aberta, assinada por alguns religiosos, membros do clero arquidiocesano de Cuiabá e integrantes de outras dioceses mato-grossenses, cujo conteúdo é simplesmente estarrecedor. Na referida carta, são feitas críticas totalmente infundadas à pessoa do padre Paulo Ricardo. Fala-se do sacerdote como “um homem amargurado, fatigado, raivoso, compulsivo, profundamente infeliz e transtornado”, “homem de verbo fácil, de muitos artifícios oratórios e também de muitas falácias e sofismas” e “dono de uma personalidade no mínimo controversa”.
No fim da carta, é pedido o afastamento do padre de suas atividades de magistério e até mesmo dos meios de comunicação social (!). A alegação é de que o sacerdote não teria “saúde mental para ser formador de futuros presbíteros”.
Por que a carta foi escrita? O que aconteceu, afinal?"
Abaixo veja o vídeo resumido e o completo sobre a pregação do Padre Paulo Ricardo no Vinde e Vede de Cuiabá:

Vídeo resumido



Vídeo completo



Músicas

Músicas de fundo
06 - Azereus - Phoriam
02 - Azereus - Otium
10 - Azereus - Dusty Lorea
08 - Azereus - Azubai Waterfalls
09 - Azereus - Safran
03 - Cormyr
01 - Light of Abysses
01 - Flight To Alhambra
02 - City Of Light
03 - Essential
09 - Der Tod



Outros sites que falaram do assunto:



13 comentários:

  1. Parabens, Temos que defender um dos poucos que se levantam para defender a nossa igreja, isso eh nossa OBRIGAÇAO, como catolicos!

    ResponderExcluir
  2. A verdade é uma só. Esses "clérigos" - se é que podemos chamá-los assim, pois uma vez que não obedecem o magistério da Igreja estão automaticamente excomungados - estão irados pois todas as palavras do Pe Paulo Ricardo se encaixa perfeitamente na realidade de suas vidas. Eles não podem reclamar o padre não cita nomes. Estão reclamando do quê ? O padre Paulo falou alguma mentira ?

    ResponderExcluir
  3. Ana Beatriz Oliveira Dantas - Vila Velha - ES9 de março de 2012 02:07

    Irmãos, Salve Maria! O amor que o Pe. Paulo Ricardo sempre demonstrou à nossa Santa Madre Igreja é de nos deixar extasiados. Todas as vezes que o ouço falar, sinto que fala com o coração, com a alma. Certamente ele nunca citou ninguém pessoalmente. Ele fala da realidade que somente nós que vivenciamos o dia a dia de nossas Paróquias podemos afirmar: muitos sacerdotes não vivem a realidade sacra a que se propuseram em suas ordenações. Desviaram do caminho e assim desviam muitos fiéis com suas práticas heterodoxas. Portanto, não é justo que seja tratado assim, com tamanha injúria. Mas, sabemos bem o porquê: "Felizes os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino do Céu" (Mt 5,10). Pe. Paulo, nós, os católicos verdadeiros, te amamos muito. Continue sua luta, pois a vitória é certa! Abraços, paz e bem!

    ResponderExcluir
  4. Queremos manifestar publicamente nossa solidariedade e apoio incondicional ao Pe. Paulo Ricardo que foi difamado e caluniado por uma turma de padres covardes, que nem sequer tiveram a hombridade colocar seus nomes na carta.
    Rezemos pelo Pe. Paulo Ricardo para que tenha força e perseverança e não se abata diante do ataque dos lobos.
    Nilton Fontes.

    ResponderExcluir
  5. VERA LUCIA DESTRO SIGNORINI9 de março de 2012 12:15

    Parabéns padre Paulo por ser um verdadeiro apóstolo de Jesus, por honrar sua batina, porque um padre verdadeiro é aquele que se coloca no lugar de Jesus Cristo, e é isso que o vejo fazendo em todas as sua pregações , homilias ensinando a todos o verdadeiro catecismo deixado por Jesus,Jesus nos falou atravéz das sagradas escrituras...Quem não é por mim é contra mim....aí nós vamos conhecer os verdadeiros Cristão e desmascarar os lobos.

    ResponderExcluir
  6. Parabéns Pe. Paulo pela coragem e determinação não em acusar mas, por merecida denuncia em revelar os que: MUITOS PELA IGREJA MÃE, TEM ACOBERTADO tantas barbaridades com o SANTO nome do SENHOR nosso DEUS. Autênticos Anti- Cristos coabitando no solo Sagrado do Santo Altar professando dia e noite o Santo nome de DEUS e abraçando e servindo ao Pai da mentira, o TINHOSO, Senhor da escuridão e da morte; Satanás.
    ... Paulo nos lembra em suas cartas. Tudo me é permitido mas, nem tudo me convém... Para os puros, todas coisas são puras; mas para os impuro se descrentes, nada é puro:tanto a mente como a consciência deles estão corrompidas. Afirmam conhecer á DEUS, mas negam-no com os seus atos, pois são abomináveis, desobedientes e incapazes par qualquer boa obra.( Ep. tito )1, 15-16... Não sabeis que sois templos de DEUS e que o Espírito Santo habita em vós? Se alguém destrói o templo de DEUS, DEUS o destruíra. Pois o Templo de DEUS é SANTO e esse templo sois vós...Incrível!!! Estamos na Quaresma e como se comportará esses FALSOS CRISTÃOS?

    ResponderExcluir
  7. Padre Paulo Ricardo, sou totalmente a seu favor em falar de padres que nao sao padres... Esses que denunciaram deveriam sim de seguir seu exemplo sua fé e dedicaçao à proclamaçao e vivencia do evangelho. Precisamos de "padres de verdade", com obras e exemplos assim como Padre Paulo Ricardo. precisamos seguir estes pastores de Jesus. Nas Sagradas escrituras lemos varias passagens onde Jesus era rigido com seus discipulos. Parabens Padre Paulo Ricardo, sou mineira e sigo suas pregaçoes onde quer que o Senhor vai.Nao temais Cristo esta contigo, leve sua Cruz e nao temas.

    ResponderExcluir
  8. Acessem o vídeo a seguir onde o Prof. Alexandre Oliveira faz um comentário sobre a Ideologia Revolucionária e a Fidelidade a Igreja Católica tendo a carta de acusação ao Pe. Paulo Ricardo como pano de fundo (O que está em pauta são ideologias e não uma mera carta aberta): http://www.youtube.com/watch?v=5Jnnt28ZD8Q&feature=youtu.be

    ResponderExcluir
  9. A carta denúncia contra o padre Paulo Ricardo inicia falando de compaixão em relação ao mesmo. No entanto a redação do texto faz referências a ele com palavras que não indicam em nenhum momento compaixão.
    Não sabemos de fato o que está por trás de tudo isso, no entanto entendemos que os clérigos que seguem os mandamentos de DEus e o Magistério da Igreja não deveriam se ofender. Nós leigos que de fato amamos a Igreja e seguimos com amor suas orientações não ficamos felizes por sabermos e vermos algum sacerdote desfilando no carnaval, entre outras coisas.
    E sofremos na pele, somos perseguidos por isso.
    Ele não citou nomes e nem nós leigos devemos fazer isso;
    Devemos rezar continuamente pela unidade da Igreja, pelo perdão
    e reconciliação entre nossos pastores.

    Graça - Rio de Janeiro

    ResponderExcluir
  10. Ainda acrescento:
    Também São Paulo e São Pedro fizeram "denúncias" em suas cartas apontando como viviam os cristãos de seu tempo.
    Será que eles não seriam também hoje perseguidos por aqueles que não aceitam a verdade.

    Graça. Rio de Janeiro

    ResponderExcluir
  11. Somos solidários ao senhor padre Paulo, não desanime, continue denunciando esses lobos travestidos de pastores. Sou católico e amo a minha Igreja, pois sei que assim procedendo estou amando o meu próximo, e a Deus na figura de Cristo-cabeça. Mas isso não significa que devo ou devemos ficar passivos diante de tantos abusos cometidos pelos filhos da Igreja. Padre Paulo Ricardo, insisto, continue... estamos juntos!

    Abraço a todos.

    ResponderExcluir
  12. Parabens pelo seu trabalho Pe Paulo estamos com vc 100%

    ResponderExcluir
  13. QUANDO OS PADRES TINHAM TEMPO PARA NOS OUVIR....NÃO HAVIA TANTA

    NECESSIDADES DE REMÉDIOS E PSICOLOGOS....ROSA ELZA

    ResponderExcluir

Irmãos, é uma grande alegria para nós podermos partilhar este trabalho de evangelização com vocês.
Seu comentário é muito importante para nós.

Deixe-nos seu comentário, crítica, sugestão ou testemunho!
Pedimos que se identifique, pois comentários anônimos correm o risco de não serem aceitos.
Deus te abençoe!