+ Este podcast é filiado ao ECAD em respeito aos direitos autorais de utilização das músicas +
Aconselhamos que para um maior aproveitamento do material disponibilizado aqui, que você o ouça em local que lhe proporciona atenção e clima de oração. Escutar os áudios em fones de ouvido facilita a apreciação dos detalhes dos áudios.
Pedimos que responda nossa pesquisa na barra acima para ajudar-nos a melhorar este trabalho!
É de grande importância que você nos deixe um comentário (o campo está em cada postagem). Para contato você pode mandar um email para nós: cefascast.org@gmail.com

Faça parte Você também!!!

Irmãos, por falta de recursos financeiros, migramos todos os áudios do Podcast para o no nosso canal no Telegram. Acesse:



sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Billy Umbella fala sobre o futuro do podcast no Brasil e sobre a ABpod


Billy Umbella, ou Maestro Billy dependendo de onde você o conheça, é um destes caras que toma para si a divisa do pioneirismo. E vai mais além: pega a divisa e cola no ombro de quem estiver próximo, contagiando a todos com idéias bacanas, projetos mil etc e tal.
Um deles, sem dúvida é a ABpod (Assosicação Brasileira de Podcasters) a primeira organização ao redor do tema Podcast.
Aliás o tema é recorrente na trajetória profissional do cara: e a ele deu formato de negócio, emplacando idéias como o Podcast da Heineken e outros tantos, gerados por sua produtora, o estúdio Mellancia. Pilota ainda as carrapetas virtuais também do podcast ADD, com seleção musical muitas vezes co-criada por seus seguidores do Twitter.
Conversamos em duas ou três trocas de e-mails e o resultado é esta pequena entrevista que tem o objetivo de deixar mais tranquilos aqueles que leram o primeiro parágrafo duas ou três vezes sem nada compreender. Vamos lá?

Gravou um pensamento com uma música de fundo e jogou na rede é Podcast? O que definiria este formato?

O que diferencia um podcast de um mp3 qualquer é o FEED. Sem o FEED não existe podcast. Podcast nada mais é uma junção entre o MP3 em algum servidor e um FEED que a pessoa adiciona a um agregador qualquer (o iTunes é o mais usado) e recebe automaticamente o arquivo. Ainda mais, este MP3 não pode ser só uma musica ou algo assim.
Tem que ser algo que tenha algum conteúdo. Pode ser, como vc mesmo disse, um pensamento com uma música de fundo, mas também pode ser algo mais trabalhado. Um bom bate-papo, um programa musical, conteúdo exclusivo e diferenciado para algum cliente, etc, etc, etc. O que vc imaginar em áudio é transformavel em podcast.

Já ouvi podcasts de humor, de música, sobre cultura, economia…o que você ainda não ouviu que acha que teria seu espaço?

Acredito que existe espaço para qualquer tipo de conteúdo em podcast. O podcast nada mais é do que a mega-especialização de conteúdo. Se vc é um cara que conhece e estuda sobre arbustos que nascem nas sombras das árvores tropicais, vc pode fazer um podcast sobre isso. E pode ter certeza que as outras 10 pessoas no Brasil que gostam do mesmo assunto serão impactadas pelo seu podcast.
E, assim como o publico, a empresa que faz adubos para arbustos que nascem nas sombras das árvores tropicais pode te patrocinar, já que é para aquelas outras 10 pessoas que a empresa tem que falar, e não dispersar a mensagem e gastar muito dinheiro criando um comercial de 30 segundos para TV e veicular no Jornal Nacional. Qualquer informação é informação, e qualquer público pode ter seu podcast.

Empresas já descobriram o formato na criação dos podcasts corporativos. É uma tendência? Qual a principal vantagem para a marca a criação de um programa desse?

Aqui no Estúdio Mellancia, o podcast é tendência desde 2005. Temos cases de sucesso como a Rádio Heineken (desde 2005 semanalmente, o primeiro podcast corporativo), o podcast Pretinho Básico da Revista Cláudia em parceria com o desodorante Rexona Crystal (400.000 downloads completos no primeiro mês de veiculação), o podcastVolkswagen Supersurf (que virou CD para ser distribuído nos eventos, com músicas exclusivas do Cansei de Ser Sexy e do Mombojó), e muitos outros.
Hoje em dia as empresas estão mais familiarizadas com o processo do podcast, e viram nesta mídia de baixo custo e alta penetração no seu publico uma excelente ferramenta de trabalho para divulgar seus conceitos, produtos e, acima de tudo, fidelizar seus clientes.

Acredito que muitos leitores queiram um dia gravar seu próprio podcast. Fale um pouco de como a ABPod pode ajudá-los?

ABPod (Associação Brasileira de Podcasters) é ainda incipiente, mas já temos uma grande conquista no que se refere ao pagamento de direitos autorais para uso de músicas de terceiros junto ao ECAD. Este acordo foi um primeiro modelo de negócios que conseguimos criar que é interessante para os dois lados.
Para o lado do podcaster, pois existe um modelo tangível e claro para a “não-pirataria”, ou seja, o podcaster pode procurar patrocínio para seu podcast sem se preocupar se o conteúdo musical do produto é ilegal ou não, e o valor acordado de 1UDA (Unidade de Direito Autoral – R$ 41,00 atualmente), que é um valor extremamente baixo para o resultado que tivemos.
E para o lado do ECAD, pelo ineditismo deste modelo, que pode ser ampliado para sites pessoais, blogs e tudo mais que potencialmente use música e que não paga nada de direitos autorais atualmente, bem como este pagamento teoricamente ínfimo, mas que no bojo acaba criando uma nova linha de distribuição de direitos, onde até 3 meses atrás não existia nada, era a famosa “terra de ninguém”.
Ao ser um afiliado da ABPod, vc tem direito ao usufruto deste acordo, sem pagar nada para a ABPod, mas fazendo parte do cadastro. Ainda este ano, provavelmente em Outubro, quando o Premio Podcast 2008 pegar fogo, teremos o www.abpod.org totalmente remodelado, com dicas, sugestões e, provavelmente, mais parcerias e modelos de negócios para o podcaster associado.

Fonte:  CarreiraSolo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Irmãos, é uma grande alegria para nós podermos partilhar este trabalho de evangelização com vocês.
Seu comentário é muito importante para nós.

Deixe-nos seu comentário, crítica, sugestão ou testemunho!
Pedimos que se identifique, pois comentários anônimos correm o risco de não serem aceitos.
Deus te abençoe!